Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Notícias

Pesquisador do INT é eleito membro da Academia Brasileira de Ciências

Publicado: Sexta, 04 de Dezembro de 2020, 09h41

Bellot 02 web

O engenheiro químico Fábio Bellot Noronha, tecnologista da Divisão de Catálise, Biocatálise e Processos Químicos (DICAP) do Instituto Nacional de Tecnologia (INT), foi eleito para ocupar uma vaga como membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC). A escolha dos novos membros foi anunciada ontem (3/12) pela diretoria da ABC, após sua Assembleia Geral Ordinária.

“Fiquei muito honrado em ter sido eleito para a Academia Brasileira de Ciências. Eu considero a escolha um reconhecimento ao trabalho que venho desenvolvendo aqui no INT ao longo desses 24 anos de casa. E fico mais feliz ainda em ser nomeado no ano do centenário do nosso Instituto” – destaca o novo acadêmico da área de Ciências da Engenharia.

A eleição para novos membros titulares da ABC é realizada anualmente, considerando a destacada atuação científica dos indicados. Uma comissão de seleção, composta pelo presidente da Academia e outros 12 titulares, é responsável por avaliar e decidir a escolha. Os eleitos tomam posse no dia 1o de janeiro de 2021.

Pesquisador com bolsa de produtividade nível 1A do CNPq e Cientista do Nosso Estado pela Faperj, os seus estudos procuram compreender as relações fundamentais entre o desempenho catalítico e a estrutura do catalisador para o desenvolvimento de novos materiais para diferentes processos químicos. Fábio Bellot se dedica a pesquisas sobre a conversão de gás natural em gás de síntese e combustíveis; a produção de hidrogênio a partir de biomassa, incluindo a reforma do etanol e do biogás, a hidrogenação do CO2 para a produção de metano, as tecnologias para a conversão da biomassa lignocelulósica em combustíveis e produtos químicos de alto valor agregado, como a gaseificação, a pirólise rápida e o fracionamento catalítico, e a intensificação de processos usando reatores de membranas e reatores estruturados do tipo monólitos e de placas.

Tecnologista do INT desde 1996, Bellot possui graduação (1984), mestrado (1989) e doutorado (1994) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, realizando este último com estágio sanduíche no Institute des Recherches sur la Catalyse, de Lyon/França. Realizou também estágio de pós-doutorado na Oklahoma University, nos EUA (1999-2000). É docente permanente do programa de pós-graduação em Química do Instituto Militar de Engenharia (IME) e do programa de pós-graduação em Engenharia de Biossistemas da Universidade Federal Fluminense (UFF), e atualmente é professor visitante na Ecole Centrale de Lille, na França.

O novo acadêmico também é o representante brasileiro na International Association of Catalysis Society (IACS).  Integra ainda o corpo editorial das revistas Catalysis Letters, Topics in Catalysis e Applied Catalysis B, sendo avaliador de diversas revistas.  Atualmente, possui publicados 178 artigos em revistas, apresentando um fator H = 44, com mais de 6,9 mil citações na base Scopus, dois livros, quatro capítulos de livro e cinco depósitos de patente. Ele tem contribuído também para a formação de recursos humanos, já tendo orientado 47 dissertações de mestrado, 23 teses de doutorado e 17 supervisões de pós-doutorado.

Fim do conteúdo da página
Usamos cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.