Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Notícias

Encontro promove debate com setores ligados à inovação no Rio de Janeiro

Publicado: Quinta, 28 de Novembro de 2019, 19h24
imagem sem descrição.

Em sua segunda edição, voltada ao tema “Pesquisa, Tecnologia e Inovação”, o Encontro Comunica Rio foi realizado nesta quinta-feira (28/11), das 9h às 19h, no Instituto Nacional de Tecnologia (INT). Visando divulgar o Rio de Janeiro em seus diferentes segmentos de negócios, o evento busca o entrosamento entre jovens empreendedores, empresários, representantes do setor público, pesquisadores e profissionais de comunicação.

Mediada pela jornalista Karla Albuquerque, da Globonews, a mesa de abertura do Comunica Rio foi composta pelo diretor do INT, Fernando Rizzo; pelo subsecretário de Cooperação com o Setor Tecnológico e Inovativo do Estado do Rio de Janeiro, Filippo Scelza; pela vice-diretora da COPPE/UFRJ, Suzana Kahn Ribeiro; pelo supervisor executivo de P&D do Laboratório de Inovação (MediaTechLab) da Rede Globo, Cássius Estrada; e pelo diretor de Marketing da IPNET/Google, Thiago Soares.

Fernando Rizzo relatou a evolução das tecnologias de Comunicação desde a invenção da escrita há 3 mil anos atrás até as aceleradas mudanças das últimas décadas. Citando o filósofo canadense Marshall McLuhan que criou a expressão “o meio é a mensagem”, o diretor do INT  destacou que “quando uma mídia aparece muda a forma das pessoas pensarem”. Rizzo refletiu sobre o futuro da tecnologia a partir de meios baseados na internet e inteligência artificial em oposição às desigualdades sociais agravadas pela falta de capacitação da maioria da população para atuar nesta nova realidade.

O subsecretário Filippo Scelza ressaltou a vocação do Rio de Janeiro pra a inovação, sendo a unidade da Federação com maior número de Instituições de pesquisa. Ponderou que são muitos atores e atividades em curso, mas que ainda carecem de coordenação e enfrentam problemas como a ausência de ambiente regulatório favorável à inovação, fuga de talentos, falta de comunicação e de transmissão do conhecimento. O representante da Secretaria de Ciência e Tecnologia apontou algumas ações em curso no estado, como o Programa de Fomento ao Desenvolvimento Tecnológico e ao Ecossistema da Inovação, a consolidação do Marco Estadual Legal da Inovação e o apoio à implementação de clusters, polos e parques tecnológicos.

Suzana Kahn Ribeiro observou que a transversalidade ainda não foi captada pela academia. A vice-diretora da Coppe-UFRJ aponta para a necessidade de mudança na cultura institucional, trazendo a inovação para os campi universitários. Segundo Suzana Ribeiro a ponte para os resultados da pesquisa tecnológica chegar ao mercado ainda é falha, na escala TRL (Technology Readiness Level), que mede de 1 a 9 o grau de maturidade de uma tecnologia, se tem chegado no máximo ao nível 5, sem concretizar sua implementação.

Cássius Estrada relatou que as atividades do MediaTechLab já extrapolaram os limites da TV e hoje atingem outros setores da Rede Globo. Com a perspectiva de Inovar em conteúdo, processos e negócios, as atividades do Laboratório de Inovação se complementam com a conexão a ecossistemas de inovação aberta e com a difusão da cultura da Inovação, relatou o supervisor de P&D.

Thiago Soares destacou o papel da qualificação, além do caminho da academia-empresa. “Diante da velocidade do ciclo de hype, quando as tecnologias chegam ao nível máximo, o tempo da inovação tem sido acelerado”, justifica o diretor da IPNET, maior representante da Google na América Latina. Soares ressaltou a importância das tecnologias disruptivas, que tenham também a simplicidade como característica.

Feira de Negócios

2019 11 28 comunica rio foto amanda oliveira 46  2019 11 28 comunica rio foto amanda oliveira 41

Uma das novidades desta edição do Comunica Rio foi a Feira de Negócios em Pesquisa, Tecnologia e Inovação, com 12 empresas e instituições expositoras, entre elas IPNET, Intrus Eco Engenharia, Escape Time, Raios, Cogu, All Dubbing, MultiRio, Startup Rio e INT.

Voltado para alavancar a economia do estado do Rio de Janeiro, ao final, o encontro reuniu ainda rodada de negócios e network.

Fim do conteúdo da página