Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Notícias

Peças do Museu Nacional impressas em 3D com materiais dos escombros do incêndio serão exibidas na Avenida da Ciência (2)

Publicado: Sexta, 19 de Julho de 2019, 11h41

cranio

Réplicas de peças do acervo do Museu Nacional, digitalizadas antes da tragédia e moldadas em impressoras 3D com os restos e cinzas do incêndio, estarão à mostra no estande do Instituto Nacional de Tecnologia (INT) na Avenida da Ciência, que funciona entre os dias 22 e 27 de julho, durante a 71ª Reunião Anual da SBPC, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande (MS).

As impressões foram feitas no Laboratório de Modelos Tridimensionais do INT, órgão do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), em parceria com pesquisadores do Museu Nacional, pertencente à Universidade Federal do Rio de Janeiro, e do Núcleo de Experimentação Tridimensional (Next), da PUC-Rio.

Entre as peças expostas estará a versão reduzida do Crânio de “Luzia”, fóssil humano mais antigo do Brasil, com mais de 12 mil anos estimados. Também estarão à mostra dois crânios de múmias egípcias: Sha-Amun-en-su, uma sacerdotisa e cantora que viveu em Tebas no século VIII a.C., Kherima, do período Romano, já início da era cristã. Por fim ainda uma cerâmica marajoara produzida originalmente entre os séculos V e XV para uso como urna funerária.

Tijolo e óculos de rocha

Hoje quarto maior produtor mundial de rochas, o Brasil transforma – entre a extração e o beneficiamento nas serrarias – quase a metade dessa produção em resíduos. Geralmente descartados no próprio ambiente, o cascalho e especialmente o pó residual dão origem a sérios problemas ambientais, como acúmulo em aterros, contaminação do solo e poluição do ar. Esses resíduos, no entanto, adquirem novas finalidades quando misturados a polímeros (plásticos e borrachas) no desenvolvimento de novos materiais destinados a diversos produtos. Na Avenida da Ciência, o INT também expõe um tijolo e um óculos produzido com este novo material.

tijolo oculos

Andador e cadeira de rodas inovadores

Dois produtos de tecnologia assistiva desenvolvidos pelo INT e ganhadores de prêmios de desenho industrial também estarão em exibição no estande do Instituto. O andador Adapt foi projetado para auxiliar a caminhada de pessoas com limitações de mobilidade, evitando o uso precoce de cadeiras de rodas, e favorecendo a ação de se levantarem para usá-lo ou sentarem-se sozinhas e com segurança. O projeto conquistou o Prêmio Bornancini de Design 2018: primeiro lugar da categoria Equipamentos Hospitalares, Home Care e Tecnologias Assistivas.

A cadeira de rodas residencial visa o conforto e a acessibilidade do usuário em seu ambiente doméstico. As dimensões reais foram reduzidas para possibilitar a passagem da cadeira por corredores e portas. A inovação de aro de propulsão deslocado reduz o trabalho mecânico e evita dores nos ombros, comuns ao esforço usado nos modelos tradicionais.

andador cadeira

Imagens de Nanotecnologia

Os visitantes podem ainda conhecer no estande visões incríveis obtidas pelos microscópios eletrônicos de varredura e de transmissão do Centro de Caracterização em Nanotecnologia (Cenano) do Instituto Nacional de Tecnologia (INT). As imagens integram pesquisas desenvolvidas em várias áreas do INT, envolvendo caracterização de materiais para análises de falhas ou de processos químicos e, sobretudo, no desenvolvimento de novos materiais, catalisadores e produtos. 

cenano

Futuro Cientista: fotos no laboratório de Química

No estande do INT, os visitantes também poderão tirar uma foto com vestimenta – jaleco e óculos de proteção – e material típico de um laboratório de pesquisa em Química: falcon; becker; balão volumétrico; erlenmeyer,  pipeta e funil de separação. Depois as fotos poderão ser vistas nas hashtags: #futurocientista e #intnasbpc.

A Avenida da Ciência funciona de segunda (22) até sábado (27) com entrada gratuita.

 

SERVIÇO

Avenida da Ciência / 71ª Reunião Anual da SBPC

Período: 23 a 28 de julho de 2018

Abertura oficial da Avenida da Ciência: segunda-feira (22/07), às 9h

Horário de atendimento ao público: segunda (22) a sábado (27), das 9h às 18h

Local: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) – em frente ao Prédio do Instituto de Matemática (Bloco 7)
Endereço: Rua UFMS, 40 - Vila Olinda, Campo Grande - MS - Campo Grande, MS

Contato (INT) com a Imprensa durante o evento:
 Justo D’Avila (21)98676-0285 (WhatsApp)

Fim do conteúdo da página