Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Terça Tecnológica mostra novos usos para semente do açaí
Início do conteúdo da página
Notícias

Terça Tecnológica mostra novos usos para semente do açaí

Publicado: Terça, 27 de Março de 2018, 19h11

A bioquímica Ayla Sant'Ana apresenta características do açaí consideradas em sua pesquisa (Foto: Ingred Felix/INT)Correspondendo à 90% do fruto e descartada na crescente produção da polpa, a semente de açaí pode ser aproveitada em produtos de alto valor para as indústrias de cosméticos, alimentos e até para a geração de energia em regiões remotas do Brasil. Essas propriedades e usos foram mostradas ao público pela bioquímica Ayla Sant'Ana da Silva, pesquisadora do Laboratório de Biocatálise do Instituto Nacional de Tecnologia (INT), no ciclo Terças Tecnológicas, realizado nesta terça-feira (27/03), na sede do INT. O projeto apresentado recebe apoio do Instituto Serrapilheira, tendo sido selecionado em sua primeira chamada de apoio à pesquisa.

Ayla Sant'Ana apresentou sua descoberta sobre as propriedades da semente do açaí, que revelou possuir grande quantidade de manose – açúcar incomum encontrado em alguns vegetais, geralmente em baixa quantidade – e possibilitou a extração de um licor vermelho riquíssimo em antioxidantes.

Segundo dados do IBGE, a produção anual de açaí hoje equivale a 1,3 milhão de toneladas, que correspondem a cerca de 1 milhão de toneladas de sementes sem destino, causadoras de poluição ambiental.

O diretor do INT, Fernando Rizzo, fez a abertura da palestra do ciclo Terças Tecnológicas. (Foto: Ingred Felix/INT)2018 03 27 terça tecnologica semente de açai ingred felix 016web

 

Fim do conteúdo da página