Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Workshop define ações futuras visando garantir qualidade das avaliações de implantes ortopédicos
Início do conteúdo da página
Notícias

Workshop define ações futuras visando garantir qualidade das avaliações de implantes ortopédicos

Publicado: Quinta, 14 de Mai de 2009, 12h20

2009 05 14 workshop

Nos dias 5 e 6 de maio, a Rede Multicêntrica de Avaliação de Implantes Ortopédicos (Remato) realizou, em Florianópolis, seu segundo workshop. O INT, que há mais de 15 anos atua na área de avaliação da conformidade de produtos para a saúde, principalmente implantes ortopédicos, esteve representado pelos coordenadores Ieda Caminha e Attilio Travalloni.

O workshop contou com a presença de 13 instituições tecnológicas, que integram a Remato e de técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro). Participaram também do evento representantes dos ministérios, da Saúde e da Ciência e Tecnologia, que aportaram R$12 milhões para a capacitação dos laboratórios das instituições.

Durante as discussões técnicas, dois produtos foram definidos para merecerem o foco das instituições da rede: as placas e parafusos para osteossíntese e as próteses femurais. Para ensaiá-los, todos os laboratórios da Rede precisarão, dentro de um ano, estarem certificados pelo Inmentro, quanto ao seu sistema da qualidade, segundo a Norma NBR ISO 17025.

O objetivo da Remato é, nesse prazo, ter garantida a confiabilidade metrológica de todos os resultados de ensaios e calibrações realizados nos laboratórios da rede. O conjunto dos ensaios, em cada uma das instituições, deverá estar acreditado pelas redes brasileiras de Laboratórios de Ensaios (RBLE) e de Calibração (RBC) do Inmetro.

O coordenador de tecnologias aplicadas do INT, Attílio Travalloni, destacou o marco que representa para o Instituto ter conseguido, no intervalo de um ano, dar um salto na estruturação da Rede e na conclusão do processo que colocará os laboratórios em condições de atender a demanda existente.

Segundo Ieda Caminha, que coordena a área de engenharias do INT, ”o importante é que as instituições estão finalizando seus projetos de adequação ainda este ano, o que aumentará significativamente a abrangência e eficiência da Rede” A Remato cobre análises químicas, metalográficas, dimensionais e ensaios mecânicos, tanto estáticos quanto dinâmicos dos implantes e materiais neles utilizados.

O primeiro workshop da Remato foi realizado, no ano passado, nos dias 18, 19 e 20 de agosto no INT. Na ocasião, o evento marcava também a inauguração do Laboratório de Avaliação e de Artigos Médico-Hospitalares/Implantes do Instituto.

Divisão de Comunicação - INT

Fim do conteúdo da página