Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Tecnologista do INT recebe prêmio do CRQ-III

O presidente do CRQ-III, Rafael Almada, entrega ao tecnologista Paulo Chacon, do INT, cheque de R$ 3 mil pela premiação de sua monografia. (Foto: CRQ-III)

 O engenheiro químico Paulo Antonio de Souza Chacon, tecnologista da área de Inovação Tecnológica do Instituto Nacional de Tecnologia (INT), foi premiado no XVII Concurso de Monografias do Conselho Regional de Química – Terceira Região (CRQ-III). Intitulado "Estratégias para o incentivo à Inovação e à recuperação econômica-industrial do Rio de Janeiro", o trabalho, que ficou em segundo lugar na categoria Profissional, conforma estratégias associadas à Inovação voltadas a incrementar o desempenho econômico-industrial do estado.

O objetivo geral da proposta abrange a formação, qualificação e valorização do capital intelectual fluminense, com foco em seu alinhamento com a inovação de  natureza tecnológica. Embora enumere vantagens comparativas do estado – como reservas de petróleo, setores industriais relevantes (construção naval, farmacêutico, transformação plástica etc.) e capilaridades de sua economia criativa –, o trabalho destaca as possibilidades de natureza competitiva.  Paulo Chacon identifica que no Rio de Janeiro se localiza um dos maiores e melhores Sistemas Estaduais de Inovação do país, e se concentra a maior densidade de ICT’s públicas e privadas, além de um inventário humano promissor pró inovação tecnológica.

O projeto agrega pesquisas em bases de dados públicas e privadas associadas à inovação,  análise crítica das mesmas e pesquisas comparativas, com base em benchmarkings internacionais. Por fim, visando melhor posicionar recursos e potencializar  impactos nestes indicadores, é apresentado um plano de ação, com metas de curto-médio prazo. As mesmas são distribuídas entre diferentes áreas de ação do estado (educação, C,T&I, indústria, comércio exterior, dentre outras), então comprometidas com uma efetiva retomada assinalada no título do projeto.

O trabalho de Paulo Chacon contou com colaboração da ex-estagiária da área de Inovação Tecnológica do INT, Gizele Ramos Mesquita, graduanda no último período de Engenharia Química, para a qual o pesquisador destinará parte do prêmio como reconhecimento e incentivo.

O Concurso de Monografias do CRQ-III foi retomado após nove anos, abrindo vagas no início de 2018 para duas categorias: Estudantil e Profissional. A categoria Profissional foi premiada no último dia 18 de junho, durante o V Fórum Regional de Química, contemplando na primeira colocação o químico Industrial Robson Pafume. Além do prêmio em dinheiro  –  R$ 5 mil e R$ 3 mil, respectivamente – os dois premiados foram contemplados com a entrega de um certificado e terão a publicação do trabalho em produção própria e outras publicações do CRQ-III.

 

Fim do conteúdo da página