Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Rede de Tecnologia do Rio de Janeiro ficará sediada no INT

Fernando Rizzo e Angela Uller assinam o acordo de cooperação entre o INT e a REDETEC. (Foto: Amanda Oliveira/INT)
O Instituto Nacional de Tecnologia (INT) e a Rede de Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro (Redetec) firmaram na segunda-feira (9/04) um acordo de cooperação técnica e científica. Entre outros pontos celebrados, estará a localização da Redetec no prédio do INT, na região da Praça Mauá, no Rio de Janeiro, no mesmo andar destinado às atividades de incubação de empresas e empreendedorismo do Instituto.

O acordo foi assinado pelo diretor do INT, Fernando Rizzo, e pela presidente do Conselho Diretor da Redetec, Angela Uller, em solenidade no auditório do Instituto. Compuseram a mesa do evento também o subsecretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social do Rio de Janeiro, Augusto Raupp; a ex-diretora do INT e ex-presidente do Conselho Diretor da Redetec, Maria Aparecida Stallivieri Neves; o ex-presidente do Conselho Diretor, Paulo Alcântara Gomes; e o ex-secretário executivo da Redetec, Armando Clemente.

"Aproveitar as complementaridades entre a capacidade de articulação da Rede de Tecnologia e as competências estabelecidas do INT, que se somam à crescente vocação tecnológica da Região Portuária do Rio de Janeiro, é uma junção de esforços que pode trazer resultados importantes" – destacou Fernando Rizzo.

Já Angela Uller apontou para o momento, que coincide com maiores dificuldades de financiamentos para Ciência e Tecnologia, como oportunidade para as instituições repensarem seus papéis e atuarem em sinergia. A presidente do Conselho Diretor da Redetec agradeceu a acolhida do INT e ressaltou o pioneirismo da Instituição no Brasil em temas como a prospecção tecnológica e a impressão 3D.

O subsecretário Augusto Raupp destacou o fato de agentes importantes do Sistema de Inovação se articularem e fortalecerem resultados, com capacidade para atuarem com poder de hub de inovação e atraírem mais investimentos.

Mesa da solenidade de assinatura do acordo entre a Redetec e o INT. Da esquerda para a direita: Paulo Alcântara, Aparecida Neves, Fernando Rizzo, Angela Uller, Augusto Raupp e Armando Clemente.

A Rede de Tecnologia e Inovação reúne 53 das principais universidades, centros de pesquisa e instituições de fomento atuantes no Rio de Janeiro, buscando sua aproximação com empresas e o desenvolvimento socioeconômico e tecnológico do estado. A associação agrega ainda quatro redes temáticas: ReINC (de Incubadoras, Polos e Parques Tecnológicos), Recipt (de Propriedade Intelectual, Cooperação, Negociação e Comercialização de Tecnologia), a Rio  Metrologia (de Laboratórios do Rio de Janeiro) e a Reqarj (de Excelência de Química Analítica).

 

O INT integra a Redetec há 32 anos, sendo parte do seu Conselho Diretor. 

O Instituto Nacional de Tecnologia (INT) e a Rede de Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro (Redetec) firmam nesta segunda-feira (9/04) um acordo de cooperação técnica e científica. Entre outros pontos celebrados, estará a localização da Redetec no prédio do INT, na região da Praça Mauá, no Rio de Janeiro, no mesmo andar destinado às atividades de incubação de empresas e empreendedorismo do Instituto.

O acordo foi assinado pelo diretor do INT, Fernando Rizzo, e pela presidente do Conselho Diretor da Redetec, Angela Uller, em solenidade no auditório do Instituto. Compuseram a mesa do evento também o subsecretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social do Rio de Janeiro, Augusto Raupp; a ex-diretora do INT e ex-presidente do Conselho Diretor da Redetec, Maria Aparecida Stallivieri Neves; o ex-presidente do Conselho Diretor, Paulo Alcântara Gomes; e o ex-secretário executivo da Redetec, Armando Clemente.

"Aproveitar as complementaridades entre a capacidade de articulação da Rede de Tecnologia e as competências estabelecidas do INT, que se somam à crescente vocação tecnológica da Região Portuária do Rio de Janeiro, é uma junção de esforços que pode trazer resultados importantes" – destacou Fernando Rizzo.

Já Angela Uller apontou para o momento, que coincide com maiores dificuldades de financiamentos para Ciência e Tecnologia, como oportunidade para as instituições repensarem seus papeis e atuarem em sinergia. A presidente do Conselho Diretor da Redetec agradeceu a acolhida do INT e ressaltou o pioneirismo da Instituição no Brasil em temas como a prospecção tecnológica e a impressão 3D.

O subsecretário Augusto Raupp destacou o fato de agentes importantes do Sistema de Inovação se articularem e fortalecerem resultados, com capacidade para atuarem com poder de hub de inovação e atrairem mais investimentos.

IMG_5983web.jpg

A Rede de Tecnologia e Inovação reúne 53 das principais universidades, centros de pesquisa e instituições de fomento atuantes no Rio de Janeiro, buscando sua aproximação com empresas e o desenvolvimento socioeconômico e tecnológico do estado. A associação agrega ainda quatro redes temáticas: ReINC (de Incubadoras, Polos e Parques Tecnológicos), Recipt (de Propriedade Intelectual, Cooperação, Negociação e Comercialização de Tecnologia), a Rio  Metrologia (de Laboratórios do Rio de Janeiro) e a Reqarj (de Excelência de Química Analítica).

O INT integra a Redetec há 32 anos, sendo integrante do seu Conselho Diretor.

Fim do conteúdo da página